No próximo dia 27, comemora-se o Dia de Cosme e Damião. Os gêmeos são figuras muito festejadas nas religiões de matriz africana nagô- nas quais são chamados de Ibeji; e têm sua correspondência na religião católica também. Teriam sido médicos caridosos. São conhecidos como ‘bons de boca’ e gostam de doces, pipoca e de caruru. “É uma data cheia de rituais e que inclui rezas, oferenda em altar aos irmãos homenageados e a tradição de servir comida para 10 crianças, sem cobrar por isso”, explica Ieda Matos, chef do restaurante Casa de Ieda, em São Paulo. 

 

Ela, que é baiana e adepta do afro-candomblé, vai celebrar em seu estabelecimento no domingo, 29, com festa especial. “A partir das 11h, faremos os rituais (acima) com a casa fechada. Já, às 14 horas, abrimos ao público, servindo o prato mais emblemático da data: o caruru completo, que contempla todos os Orixás e inclui xinxim de galinha, abará, acarajé, vatapá, pipoca, inhame e omolucum – receita preparada com feijão fradinho. O prato custa R$ 40, não é necessário fazer reserva porque toda a celebração acontecerá na rua, de modo bem informal e democrático. 

 

E até domingo, 29, o Sotero Cozinha Original, que evoca as tradições baianas em solo paulistano, serve menu especial em alusão à data, com xixi de anjo – drinque brasileiro a base de limão, laranja e leite condensado (shot), mini-acarajé montado (entrada), moqueca de peixe ou xinxim de galinha (1 prato prato principal a escolha do cliente) e cocadinha (sobremesa). Custa de R$ 59,90 e está disponível no almoço e no jantar. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *