Cuscuz Paulista Moderno

Rendimento: 6 -8 porções

Tempo de Preparo: 50 min

Nível: Fácil

INGREDIENTES

  • 2 COLHERES (SOPA) DE ÓLEO DE MILHO
  • ½ CEBOLA PICADA
  • 1 DENTE DE ALHO PICADO
  • 1 XÍCARA (CHÁ) DE MOLHO DE TOMATE (P. 61)
  • 1 COLHER (SOPA) DE EXTRATO DE TOMATE
  • 2 XÍCARAS (CHÁ) DE CALDO DE CAMARÃO
  • 1 XÍCARA (CHÁ) DE ERVILHA FRESCA
  • 1 XÍCARA (CHÁ) DE AZEITONA VERDE PICADA
  • 10 CAMARÕES-ROSA
  • 2 COLHERES (SOPA) DE AZEITE DE OLIVA
  • 3½ XÍCARAS (CHÁ) DE FARINHA DE MILHO
  • 2 OVOS COZIDOS
  • 1 TOMATE SEM PELE E SEM SEMENTES
  • SALSINHA PICADA
  • SAL E PIMENTA-DO-REINO A GOSTO

PREPARO

Aqueça o óleo e refogue a cebola e o alho. Junte o molho, o extrato de tomate e o caldo de camarão. Misture bem e cozinhe a ervilha; acrescente a azeitona. Corte 6 camarões em cubos pequenos, frite no óleo e adicione ao caldo. Grelhe os 4 camarões restantes e reserve. Junte a farinha de milho e mexa bem, para deixar homogêneo. Tempere com sal e pimenta-do-reino e acrescente a salsinha. Verifique se a farinha está cozida, tire do fogo e deixe esfriar. Distribua a ervilha, azeitona e camarão reservados, o ovo e o tomate no fundo e nas laterais de uma fôrma. Encha com a massa e leve à geladeira. Ao desenformar, decore com mais ovo, tomate e camarão.

 

ESMIUÇANDO

O cuscuz paulista era cozido no vapor até a década de 1950, quando surgiu a versão enformada presente hoje nas casas e nos restaurantes. Diz-se que a receita nasceu nos farnéis dos bandeirantes, que teriam o costume de guardar os ingredientes misturados dentro de um pano amarrado. Ao longo da viagem, abriam o embrulho e se alimentavam do que teria sido o primeiro cuscuz paulista.

OUTRAS RECEITAS

Receitas

Farofa de Banana

Receitas

Arroz de Coco

Receitas

Carne de Sol com Pirão de Leite e Queijo de Coalho Grelhado

Receitas

Lombo Assado