Louro

Laurus Nabilis

A FOLHA PODE ser usada seca ou fresca – basta uma delas para aromatizar os pratos. Quando adicionado aos preparos, o louro libera notas de madeira, eucalipto, cravo e toques florais que deixam o feijão apetitoso e os cozidos, perfumados. Combina com carnes, peixes, aves e legumes, além de ser um dos condimentos do clássico bouquet garni (combinação francesa de ervas). Na cozinha brasileira, tem presença quase cativa em preparados salgados e pouco aparece nos doces e chás, embora isso seja recorrente em outras partes do mundo. O óleo extraído das folhas do arbusto de origem mediterrânea também é usado na indústria de perfumes e aromatizantes. Não raro, os vistosos ramos entram em ornamentações.

Tags :