Oka, em Paris, é o primeiro restaurante de comida brasileira fora do país a ganhar uma estrela Michelin

Honraria foi dada ao carioca Raphael Rego, de 34 anos, primeiro brasileiro a ser premiado pelo badalado guia em território francês

 

Na noite do último dia 21 de janeiro, em Paris, o carioca Raphael Rego, de 34 anos, se consagrou como o primeiro brasileiro a entrar para o mais renomado dos guias gastronômicos, em território francês, um dos berços da cozinha mundial; e o Oka, fundado e tocado por ele, o primeiro restaurante de cozinha brasileira instalado fora do Brasil a entrar para o Michelin – recebeu uma estrela.  

 

Entre os pratos emblemáticos da casa, destaque para o feijão preto fermentado com cachaça e suco de limão caramelizado, servido com ‘bolotinhas’ de trigo sarraceno; e a esfera de chocolate branco com açaí e maracujá. Além de valorizar os ingredientes brasileiros, Raphael faz constantes viagens ao Brasil para pesquisar e criar parcerias com produtores. Suas mais recentes expedições aconteceram em Belém e Recife e renderam frutos que hoje beneficiam comunidades pernambucanas e artesãos que trabalham os insumos da floresta.  

 

Além de Raphael, outro brasileiro radicado fora do país já ganhou uma estrela Michelin, Marcelo Ballard, do restaurante Oak, em Ghent, na Bélgica, especializado em comida contemporânea internacional. No Brasil, mais de 20 casas já receberam estrelas do Guia Michelin Rio de Janeiro & São Paulo. Entre elas, DOM (Alex Atala), Tuju (Ivan Ralston) e Oro (Felipe Bronze, que acaba de abrir uma nova casa em São Paulo) receberam duas estrelas em 2018.

 

OKA
1, Rue Berthollet, Tel .: 01 45 30 94 56; www.okaparis.fr.