Quiabo

Abelmoschus esculentus

NATIVA DA ÁFRICA, ESSA HORTALIÇA adaptou-se muito bem à culinária brasileira. Sem ela, o país perderia pelo menos duas receitas: o frango com quiabo, um saboroso ensopado da cozinha mineira, e o caruru baiano, com camarão seco, castanha-de-caju e azeite de dendê. Versátil nos modos de preparo, pode ser refogado, assado, frito, cozido no vapor ou grelhado na churrasqueira. O segredo para retirar a “baba”, substância viscosa que aparece quando se corta o quiabo, é lavar, secar bem e só então levar a panela. 

Tags :