Tainha

Mugil platanus e Mugil liza

EMBORA SEJA ENCONTRADA em todo litoral do país, a tainha costuma ser mais frequente nas mesas do Sul e do Sudeste – durante o inverno, diversos municípios dessas regiões organizam “festas” em que o peixe assume o papel principal, assado na brasa, inteiro ou espalmado. Fresca, a ova da tainha pede prepara ao forno ou na frigideira: desidratada dá origem à bottarga, uma iguaria que pode ser usada em fatias finas ou ralada para incrementar os molhos, pratos de massas e outros pescados.