Baião de Dois

Rendimento: 6 porções

Tempo de Preparo: 1h30

Nível: Médio

INGREDIENTES

  • 500 G DE CARNE-SECA DESSALGADA EM CUBOS
  • 2 XÍCARAS (CHÁ) DE FEIJÃO-VERDE
  • 2 COLHERES (SOPA) DE ÓLEO DE MILHO
  • 1 CEBOLA PICADA
  • 2 DENTES DE ALHO PICADOS
  • 2 XÍCARAS (CHÁ) DE ARROZ BRANCO
  • 4 TOMATES SEM PELE E SEM SEMENTES EM CUBOS
  • ¼ MAÇO DE CEBOLINHA-VERDE BEM PICADO
  • ¼ MAÇO DE COENTRO PICADO
  • 2 XÍCARAS (CHÁ) DE QUEIJO DE COALHO GRELHADO E CORTADO EM CUBOS
  • SAL A GOSTO

PREPARO

Cozinhe a carne-seca na panela de pressão por 30 minutos. Cozinhe o feijão-verde com um pouco de sal até ficar al dente; desligue e guarde a água do cozimento. Aqueça o óleo de milho e refogue a cebola com o alho até murchar. Junte o arroz e refogue mais um pouco. Acrescente a carne-seca e o feijão. Misture e cubra com a água do cozimento do feijão até ultrapassar os ingredientes em três dedos. Cozinhe até o arroz ficar macio. Junte o tomate, a cebolinha, o coentro e o queijo. Aqueça um pouco e sirva.

 

ESMIUÇANDO
Qual o melhor baião de dois? Cada um tem sua própria receita. O primeiro que eu experimentei foi o da minha avó, e era esse que eu servia no restaurante Brasil a Gosto. Independentemente do modo de preparo, para ser baião de dois são necessários apenas de dois ingredientes: arroz e feijão-de-corda, na mesma proporção, cozidos na mesma água. Os acréscimos variam segundo o que se tem na cozinha: carne-seca, linguiça, queijo de coalho. Mas o baião é “de dois” – o resto é complemento.

OUTRAS RECEITAS

Receitas

Polenta mole com molho à bolonhesa

Receitas

Caldo de Piranha

Receitas

Bolinho de espinafre

Receitas

Abará