Cupuaçu

Cupuaçu

Theobroma grandiflorum

NATIVO DA AMAZÔNIA E CULTIVADO também no sudoeste da Bahia, esse fruto de sabor forte e um tanto ácido confere personalidade a sucos, licores, sorvetes, musses, pudins, compotas e outros doces. A polpa esbranquiçada, farta e cremosa, ainda rende um ótimo creme usado para rechear tortas e bombons. Das sementes, é possível obter um produto similar ao chocolate, conhecido como “cupulate” – cupuaçu e cacau, além da aparência semelhante, pertencem ao gênero botânico Theobroma, palavra de origem grega que significa “alimento dos deuses”. Na indústria cosmética, a manteiga de cupuaçu é utilizada como componente de hidratantes para a pele e o cabelo.