Beldroega

Portulaca aleracea L

DOIS TIPOS SÃO ENCONTRADOS no Brasil, a beldroega de folha pequena, originária da Europa Oriental e mais utilizada na culinária, e a de folha grande (Tulinum ániculatum), nativa da América. É planta rasteira, que cresce em qualquer lugar e que, até pouco tempo, era desprezada na cozinha. A facilidade de cultivo, porém não se traduz na sorte de encontrar o produto no mercado: a beldroega aparece com mais frequência nas feiras do Nordeste. As folhas carnudas têm leve sabor ácido e textura crocante, perfeitas para salada. Cozidas, lembram um pouco o espinafre e podem entrar no preparo de suflês, sopas, bolinhos e refogados. Curiosidade: a espécie de folhas miúdas e flores amarelas é considerada uma praga para as roças.