[vc_row css=”.vc_custom_1492008828909{margin-top: 40px !important;}”][vc_column][vc_column_text]Ele pula em um pé só, usa um gorro vermelho, fuma cachimbo e é muito comilão

 

No calendário brasileiro, o 31 de outubro foi escolhido para comemorar o Dia do Saci. Criada por meio de um projeto de lei de 2003, a data visa homenagear esse, que é o mais emblemático personagem do folclore brasileiro – justamente no Halloween, o Dia das Bruxas americano.

 

O personagem tem até entidades dedicadas a ele, como é o caso da Sosaci (Sociedade dos Observadores de Saci), localizada em São Luiz do Paraitinga. Segundo o grupo, além de brincalhão, o Saci é doido por comida. Ele tem paladar bem brasileiro e é da fartura: gosta de começar o dia com banana, mingau e café coado bem ralinho. Adora frutas e costuma tomar sucos na hora do almoço – cachaça só para abrir o apetite antes das refeições.

 

Entre suas receitas prediletas estão lambari frito, paçoca de amendoim e, claro, arroz, feijão, farofa e mandioca frita. No meio da tarde, aplaca a fome com quitandas do tipo broa de fubá, bolachinhas e biscoito de polvilho. Também é chegado em doces como pé-de-moleque, goiabada cascão e bananada. No jantar, sopa de cambuquira ou, quem sabe, uma fritada de bundinha de içá! [/vc_column_text][/vc_column][/vc_row][vc_row][vc_column][nd_options_spacer nd_options_height=”50″][vc_column_text][Fancy_Facebook_Comments][/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]